Notícias

MOAGEM É A MAIOR DOS ÚLTIMOS SETE ANOS
E ALCANÇA 32,7 MILHÕES DE TONELADAS

Redução do custo unitário de 7,1% (medido pelo CPV Caixa ex-revenda)

Destaques

  • Moagem atinge 32,7 milhões, com crescimento de 3,6%, a maior dos últimos sete anos;
  • Extensão e renovação de parte majoritária do endividamento bancário no montante de R$3,7 bilhões e aumento de capital no valor total de R$3,5 bilhões, conforme já anunciado ao mercado;
  • Produtividade agrícola consolidada (TCH) foi de 77,4 ton/ha, com destaque para o Polo Mato Grosso do Sul (MS), cujo crescimento foi de 3,0% e o TCH atingiu 83,4 ton/ha;
  • ATR Cana consolidado foi de 128,8 kg/ton, praticamente em linha com a safra anterior;
  • Crescimento de 5,9% do volume de produção, que atingiu 4,2 milhões de toneladas de ATR Produto no ano safra;
  • Crescimento da Receita Líquida de Açúcar, Etanol e Energia foi de 9,7%, 4,9% e 59,8%, respectivamente;
  • Redução do CPV Caixa unitário ex-revenda foi de 7,1%, resultado das ações implementadas ao longo do ano, consolidando o processo de otimização em curso;
  • EBITDA Ajustado ex-HACC/revenda atinge R$1,7 bilhão na safra 17/18 com Margem EBITDA de 36,4%, um aumento de 4,2 p.p.; e
  • Impacto negativo e não recorrente de R$299 milhões no resultado referente principalmente ao (i) pagamento de recursos recebidos do Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA) aos acionistas históricos da Santelisa Vale e ao (ii) impairment dos ativos administrativos e industriais da usina Maracaju.

Para acessar o release de resultados, clique aqui.

Atenciosamente,

Equipe de Relações com Investidores

Para mais informações contate:
Biosev S.A.
e-mail: ri@biosev.com
Site: www.biosev.com/ri

logo BSEV3
logo ITAG
Capctha